banner-saúde-é-vida.jpg

 BLOG SAÚDE É VIDA 

O seu portal de saúde, bem-estar e vida saudável.

Cuidar de si e da sua família agora é mais fácil!

Com o Saúde é Vida, tenha acesso aos melhores conteúdos, artigos e dicas sobre saúde, nutrição, beleza e bem-estar.
 

Mantenha uma vida saudável!

Proteja-se: Reduza o risco de Doenças Cardiovasculares

São vários os fatores que ajudam a reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Mudanças na alimentação e estilo de vida são dos principais.

Doenças cardiovasculares

Sabia que em Portugal as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte?

As doenças cardiovasculares afetam o sistema circulatório: coração e vasos sanguíneos. Em Portugal, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte.

Existem, contudo, fatores que podem prevenir o risco de doenças cardiovasculares, entre eles: não fumar, alimentação equilibrada e exercício físico. Vamos conhecer os diferentes fatores que contribuem para a redução de doenças cardiovasculares.

As doenças cardiovasculares são provocadas pela aterosclerose, isto é, pelo depósito de placas de gordura no interior das artérias. Nas artérias coronárias (artérias que transportam o sangue oxigenado ao músculo cardíaco),a aterosclerose causa sintomas de angina de peito e enfarte de miocárdio, já nas artérias do cérebro pode dar origem a sintomas como alteração de memória, tonturas ou mesmo causar um AVC (acidente vascular cerebral).

Fatores que contribuem para as Doenças Cardiovasculares?

Fatores que podemos controlar
- Diabetes

A diabetes aparece quando o nosso organismo não consegue produzir insulina suficiente. A doença de diabetes é um fator de risco para as doenças cardiovasculares. Para saber mais sobre a doença de diabetes e a sua prevenção descarregue o nosso ebook sobre a Diabetes.

- Colesterol

Para entender as suas análises clínicas deve saber que existem dois tipos de colesterol. O bom (HDL) que ajuda na remoção do colesterol mau da parede das artérias e o colesterol mau (LDL) que se acumula no interior das artérias e provoca a aterosclerose proporcionado maior risco para doenças cardiovasculares.

- Triglicerídeos (Principais gorduras do nosso organismo)

Os valores dos triglicerídeos variam consoante a alimentação. Valores elevados indicam alimentação rica em gorduras que é prejudicial para a saúde e contribui para um maior risco de doenças cardiovasculares. Para aumentar o colesterol bom (HDL) deve ter em conta uma alimentação equilibrada assim como a prática de exercício físico.

- Tabaco

O hábito de fumar é um fator de risco para doenças cardiovasculares. A aterosclerose é promovida através do endurecimento e menor elasticidade das artérias devido ao fumo do tabaco. Este é um fator de grande risco contribuindo para sintomas graves como AVC ou enfarte do miocárdio.

Fatores que não podemos controlar
- Idade e Sexo

Está comprovado que o sexo masculino tem maior probabilidade de risco para doenças cardiovasculares, esta probabilidade aumenta com o envelhecimento. Nas mulheres, a principal preocupação surge com o aparecimento de sintomas de menopausa.

Dicas para um coração saudável e longe de doenças cardiovasculares

- Prática de exercício físico

Ter uma vida ativa fisicamente aumenta a qualidade de vida. O recomendado é a realização diária de, pelo menos, 30 minutos de atividade física, 5 dias por semana. Também as crianças devem realizar exercício físico, para elas o tempo recomendado é de 60 minutos por dia.

- Controle o Colesterol e Triglicerídeos

Evite o risco de doenças cardiovasculares ao realizar análises clínicas com regularidade. A alimentação equilibrada e o exercício físico contribuem para os níveis recomendados de colesterol e triglicerídeos.

- Alimentação Equilibrada

A comida é fundamental para que o nosso corpo crie novas células e produza a energia necessária para combater doenças. Vegetais, fruta, fibra, lacticínios, peixe e carne devem integrar qualquer alimentação. Opte por evitar alimentos salgados, reduzir a ingestão de alimentos ricos em açúcar.

- Perca Peso

A gordura acumulada, especialmente na zona do abdómen, é um fator de risco para a pressão arterial alta, colesterol e diabetes. O excesso de peso contribui para o risco de doenças cardiovasculares. Aconselhamos que calcule o seu índice de massa corporal (IMC) e perceba se precisa de perder peso. Divida o seu peso pela sua altura, o valor recomendado pelos especialistas é abaixo de 25.

- Diminua o stress

Ansiedade ou tensão emocional podem levar à adoção de hábitos prejudiciais à saúde e consequente risco de doenças cardiovasculares. A meditação tem um efeito positivo no controlo da ansiedade e stress.

A redução do risco de doenças cardiovasculares vão contribuir para uma vida mais saudável e um maior bem-estar físico. É essencial realizar exames cardiovasculares no seu check-up anual. Se não é acompanhado por um cardiologista, encontre o mais perto de si na nossa rede médica e evite doenças cardiovasculares.


22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
NEWSLETTER_Prancheta 1.png

Conheça os nossos Guias Práticos

Os EBOOKS sobre saúde que o ajudam a viver melhor.